jusbrasil.com.br
15 de Setembro de 2019

Trabalho voluntário será critério de desempate em concursos públicos

Governo publicará nos próximos dias decreto que definirá regras. Além disso, atividades filantrópicas servirão como crédito complementar

Eduqc Consultoria, Administrador
Publicado por Eduqc Consultoria
há 17 dias

Ministério da Economia prepara instrução normativa que estabelece trabalho voluntário como critério de desempate em concursos públicos. A medida foi anunciada nesta quarta-feira (28/08/2019), no Palácio do Planalto. Além disso, a carga horária de atividades filantrópicas servirá como crédito complementar aos estudantes de instituições de ensino federais e estaduais.

As mudanças foram anunciadas em evento de comemoração ao Dia Nacional do Voluntariado (foto em destaque). A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que preside o Pátria Voluntária, elogiou as medidas. “O objetivo é estimular a prática de trabalho voluntário no país”, destacou a mulher do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Ela ressaltou a importância do trabalho filantrópico para o desenvolvimento do Brasil. “As medidas aprimoram a política nacional de desenvolvimento de pessoas, instituindo maior relevância sobre as ações de desenvolvimento dos servidores públicos federais”, comentou.

Bolsonaro assinou, nesta quarta-feira (28/08/2019), o decreto que autoriza licença para capacitação de servidores públicos para a realização de cursos conjugados com atividades voluntárias. Michelle ressaltou que a intenção é estimular e engajar a participação ativa e recorrente dos cidadãos, servidores públicos e organizações no programa Pátria Voluntária.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, destacou a importância do trabalho voluntário para a sociedade, frisou.

Em julho, o governo federal lançou o Programa Pátria Voluntária, que busca incentivar a participação dos cidadãos na promoção de práticas sustentáveis, culturais e educacionais voltadas à população brasileira mais vulnerável.

Inspiração americana

A proposta é elaborada pelos técnicos do governo. O modelo norte-americano é a principal influência.

Quem trabalha no governo americano tem algumas formas de ser recrutado. Desde abordagem em estandes montados nas universidades até por meio de provas escritas, entrevistas, testes físicos, análise de currículo e avaliações de histórico.

Existem institutos especializados que mantêm constante avaliação dos talentos que, depois de selecionados, fazem parte de um banco de currículos esperando oportunidade. Não há qualquer garantia de convocação para aqueles que passam pela seleção e entram na lista.

O EduQC é seu aliado na hora de estudar. Com ele, você consegue organizar o seu tempo de estudo pelas disciplinas que mais precisa se aplicar e ainda testa seus conhecimentos, constantemente, por meio dos Simulados oferecidos pela plataforma.

Quer saber mais? Clique aqui para conhecer a nossa metodologia.

Fonte: Metrópoles

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

taí, gostei! continuar lendo

Bom artigo. Ótima iniciativa do governo, onde muitos talentos podem ser revelados. continuar lendo